Hydroxychloroquine

Hydroxychloroquine existe em farmácias online em Portugal?

hydroxychloroquine Hydroxychloroquine é usado na prevenção da malária, provocada por parasitas que entram no corpo humano por picadas de mosquito. Malária é comum em África, América do Sul e sul da Ásia.

Hydroxychloroquine é utilizado no tratamento de sintomas de artrite reumatóide ou discóide e no lúpus eritematoso sistémico. Pode ser usado para fins não referidos neste guia. Saiba como comprar ao melhor preço e usar o medicamento.

Caso decida comprar online, consegue melhor preço do que em qualquer farmácia. Poderá fazer a sua encomenda a partir de Portugal sem qualquer dificuldade.

PacotePreçoComprar
€1,56

200mg × 10 tablets

€15,58
€1,40

200mg × 20 tablets

€28,09
€3,12

200mg × 30 tablets

€93,75
€2,34

200mg × 60 tablets

€140,66
€1,82

200mg × 90 tablets

€164,11

Correio Internacional Não Registrado Gratuito

€1,56

200mg × 180 tablets

€281,37

Correio Internacional Não Registrado Gratuito

PacotePreçoComprar
€3,12

400mg × 10 tablets

€31,22
€2,08

400mg × 20 tablets

€41,64
€1,87

400mg × 30 tablets

€56,23
€1,67

400mg × 60 tablets

€100,01
€1,46

400mg × 90 tablets

€131,28
€1,30

400mg × 180 tablets

€234,47

Correio Internacional Não Registrado Gratuito

O envio é realizado após comprar e a entrega é rápida. Ao comprar em maiores quantidades, o preço dos comprimidos tem desconto progressivo e poderá beneficiar de expedição por avião gratuita.

Para comprar o medicamento a partir de Portugal, proceda à sua encomenda e finalize o pagamento através dos meios seguros ao seu dispor.

Posso comprar Hydroxychloroquine a preço barato sem receita?

Ao comprar sem receita beneficia do melhor preço, como beneficia igualmente da comodidade de não ter que ir a consultas nem expor a sua privacidade em farmácias tradicionais.

Ao comprar aqui tem a garantia que, apesar do seu preço, o medicamento é e sujeito ao mesmo controlo de qualidade que outro genérico. O facto de ser mais barato não deve demovê-lo de comprar na internet.

Que deve o meu médico saber se tomar Hydroxychloroquine?

Não deve comprar Hydroxychloroquine se for alérgico à hidroxicloroquina ou tiver historial de alterações da visão e danos à retina por medicação antimalárica. Hydroxychloroquine não deve ser usado como tratamento prolongado em crianças. Informe o médico se apresentar uma das situações:

  • Psoríase;
  • Porfíria;
  • Doenças do fígado;
  • Alcoolismo;
  • Deficiência de glicose-6-fosfato desidrogenase (G6PD).

Não é sabido se Hydroxychloroquine é prejudicial ao feto. Informe o médico se se encontrar grávida ou planear engravidar durante a sua utilização. A malária é mais suscetível de provocar a morte a uma mulher grávida. Se estiver grávida, fale com o médico acerca dos riscos de viajar para regiões onde a doença é comum.

Não é sabido se Hydroxychloroquine passa para o leite materno ou se poderá prejudicar a saúde de um bebé amamentado. Não utilize o medicamento sem informar o médico que está a amamentar.

Como deverá ser administrado o Hydroxychloroquine?

Tome hidroxicloroquina como indicado pelo médico, jamais tome em quantidades e dosagens inferiores ou superiores ao aconselhado nem por mais tempo. Siga as indicações médicas da prescrição.

Apesar de a hidroxicloroquina em genérico ser um fármaco seguro, deverá ter cuidados na sua administração. Pode ingerir os comprimidos às refeições e com um copo de água ou de leite, exceto se o médico recomendar outra opção.

A hidroxicloroquina é por vezes administrada uma vez por semana. Escolha sempre o mesmo dia para tomar a medicação se for o seu caso.

Prevenção da malária: comece a tomar duas semanas antes de entrar numa região onde a malária é comum. Continue a tomar Hydroxychloroquine regularmente durante a sua estadia e até 8 semanas depois de sair dessa região.

Tratamento da malária: o médico poderá recomendar-lhe toma única de Hydroxychloroquine ou uma dose inicial alta, seguida de dose menor nos dois últimos dias de tratamento. Se falhar uma toma, reponha-a logo que possível, ou se faltar pouco tempo para a próxima toma, faça somente essa. Não tome doses extra ou em duplicado.

Tome a hidroxicloroquina pelo prazo estipulado para a malária. Os sintomas devem melhorar antes da reversão da infeção. Adicionalmente a tomar a hidroxicloroquina, use roupa protetora, repelentes de insetos e redes mosquiteiras para prevenir picadas de mosquitos que possam causar malária.

Contacte o médico assim que possível se for exposto à malária, ou se apresentar febre ou outros sintomas durante ou após a sua estadia na região em que a malária é comum.

Quando se encontrar a tratar lúpus ou artrite, a hidroxicloroquina é administrada durante semanas ou meses. Para melhor resultado, continue a tomar conforme indicado. Informe o médico se os sintomas não melhorarem após 6 meses de tratamento.

Durante o tratamento com Hydroxychloroquine poderá ser necessário fazer análises ao sangue. Nenhum fármaco é 100% eficaz no tratamento ou na prevenção de todos os tipos de malária. Fale com o médico se apresentar febre, vómitos ou diarreia durante o tratamento.

Hydroxychloroquine tem interações com outros fármacos?

A hidroxicloroquina pode infligir danos ao fígado. Este efeito pode ser ampliado se estiver a usar outros medicamentos prejudiciais ao fígado. Pode necessitar de ajustamento de dosagens ou testes específicos se tomou:

  • acetaminofeno (Paracetamol);
  • antibióticos ou antifúngicos à base de sulfa;
  • medicamentos para tuberculose;
  • pílulas anticoncecionais;
  • terapia de substituição hormonal;
  • fármacos para pressão arterial, cancro, colesterol, gota ou artrite, HIV/SIDA ou distúrbios psiquiátricos;
  • anti-inflamatórios não esteróides (p. ex. ácido acetilsalicílico, ibuprofeno)
  • medicamentos anti-convulsivos.

Esta lista pode não contemplar todas as substâncias passíveis de interagir com Hydroxychloroquine, pelo que deverá informar o médico acerca das medicações que toma, com receita ou sem, de parafarmácias, complexos vitamínicos ou produtos herbais.

Hydroxychloroquine provoca efeitos secundários?

Algumas pessoas desenvolveram danos irreversíveis da retina ocular após tratamento prolongado com hidroxicloroquina. Pare de tomar Hydroxychloroquine e contacte imediatamente o  médico se tiver dificuldades em focar, se vir raios de luz ou clarões ou se notar inchaço ou alterações da cor dos olhos.

Procure cuidados médicos emergentes se tiver algum destes sintomas ou ainda reações alérgicas à hidroxicloroquina: urticária, dificuldades em respirar, inchaço no rosto, lábios, garganta ou língua.

Contacte um médico de imediato se tiver efeitos sérios, tais como:

  • fraqueza muscular, tiques ou movimentos involuntários;
  • perda de equilíbrio ou de coordenação motora;
  • visão turva, sensibilidade à luz, ver auréolas em torno de luzes;
  • palidez, hematomas ou sangramentos;
  • confusão, pensamentos ou comportamentos invulgares;
  • convulsões.

Outros efeitos menos graves podem incluir:

  • dor de cabeça, silvos nos ouvidos, sensação de andar à roda;
  • náuseas, vómitos, dores de estómago;
  • perda de apetite, perda de peso;
  • alterações do humor, nervosismo ou irritação;
  • erupções da pele ou comichão;
  • perda de cabelo.

Como armazenar Hydroxychloroquine?

Guarde em armário fechado e fora do alcance de crianças, em local fresco e seco. Deite fora a embalagem quando estiver fora da validade.